Autarquia prepara plano de contingência para novo ano letivo

O Município de Santa Marta de Penaguião, ciente de que infelizmente o início do próximo ano letivo será atípico dada a evolução e permanência da pandemia entre nós, prepara-se para os tempos que se avizinham.

Com efeito, durante a tarde de 3 de agosto, o executivo municipal reuniu todas as entidades oficiais com responsabilidades, para uma reunião de trabalho na qual se analisaram diferentes quadros de intervenção de forma a garantir todas as condições de segurança para a área da educação, da saúde e do emprego, bem como minimizar as condições de propagação da pandemia.

Presentes estiveram representantes do ACES, do Agrupamento de Escolas, das IPSS´s, das Corporações de Bombeiros Voluntários, dos Presidentes de Junta, do IEFP e da Rodonorte, sendo que mesmo não podendo estar presentes, o Instituto da Segurança Social e o Centro de Saúde demonstraram total disponibilidade para trabalhar em equipa.

O autarca local, Dr. Luís Machado, parabenizou todos os presentes pelo trabalho exemplar desenvolvido nestes últimos meses, sendo os resultados deste trabalho evidentes. Um trabalho de solidariedade, de partilha e de entreajuda, que se pretende perpetuar. O Presidente do Município salientou ainda o facto de que os próximos meses serão preocupantes dado que a pandemia irá coincidir com a gripe sazonal, e demonstrou a preocupação da autarquia com os trabalhadores rurais que poderão vir a ver reduzida a oferta, e que neste caso, são muitas vezes a salvaguarda das famílias.

Durante a reunião foram ouvidas as várias entidades, que se comprometeram em fazer chegar os seus planos de contingência atualizados e reajustados à nova fase. O objetivo será fazer destes planos um novo plano de contingência municipal único e com todas as áreas abrangidas. “um trabalho de uma voz sendo esta voz a voz de todos” assim resumiu o presidente local.

Os trabalhos em espelho, as visitas aos lares, as refeições escolares, os transportes, os incêndios, os equipamentos de proteção individual, os Centros de Dia, e as formações profissionais foram algumas das áreas que foram mencionadas e que ficaram em aberto para serem integradas no novo plano.

_MG_3381