Um obrigado especial

Foram muitos os que hoje deram uma enorme lição de civismo e de vida.

Foram muitos os que reuniram forças e lutaram contra o medo para exercer um direito.

“Não sair de casa sem que seja essencial ou imprescindível”, era a palavra de ordem, SIM, mas desde que nos foi dada a possibilidade de escolher o país em que queremos viver, o direito ao voto passa a ser essencial e imprescindível. Conquistamo-lo em 75, aquando das primeiras eleições livres.

Obrigado a toda a equipa que preparou todo o processo eleitoral e todos os espaços para que votar fosse seguro.

Obrigado aos membros das mesas, presidentes de junta e a todos os que cumpriram escrupulosamente as regras da DGS e permitiram que este dia corresse de forma extraordinária, o que a todos orgulha!

O dever foi cumprido.

Bem-haja!

obrigado