?>

Quinta da Cumieira

Quinta da Cumieira

Implantada num dos mais sugestivos cumes da Freguesia medieva da Cumieira, oferece um ambiente de tranquilidade, adequado para quem procura o merecido repouso do stress diário.
No Século XVI, a Quinta da Cumieira era pertença do Convento de S. Gonçalo de Amarante. Em 1674 foi feita “prazo” ao Capitão Diogo Pereira de Aguiar, tendo sido adquirida pelo Morgado de Mateus em 1752.
Alojou o distinto Arquitecto Nicolao Nazoni por altura da pintura dos interiores da Igreja Matriz da Cumieira.