Largada da BioVespa no concelho de Santa Marta de Penaguião.

A vespa das galhas do castanheiro, é um inseto univoltino que induz a formação de galhas nos gomos e folhas dos castanheiros, provocando prejuízos graves na produção de castanha.

A luta biológica, baseada no inseto parasitóide específico Torymus sinensis Kamijo (Hymenoptera: Torymidae) é identificada no Plano de Ação Nacional, como um meio eficaz reconhecido para a redução das populações da vespa, com base na experiência de outros países.

De acordo com os focos existentes no nosso país, foi firmado contrato com a empresa GreenWood Service SRL para aquisição do parasitoide Torymus sinensis pela RefCast – Associação Portuguesa da Castanha e Direção Regional de Agricultura do Norte e do Centro.

No Município de Santa Marta de Penaguião, através da prospeção realizada pelos Técnicos da Direção Regional de Agricultura e Pescas do Norte (DRAP-N), Técnicos da Associação Florestal do Vale do Douro Norte e pelos Técnicos do Município foram identificados 15 locais estratégicos com soutos onde se detetou a presença desta praga para a realização de largadas do inseto parasitoide citado anteriormente, nas freguesias de de Medrões, Fontes e na União de Freguesias de Louredo e Fornelos.

Neste sentido e atendendo a que o Município é aderente ao protocolo BioVespa, celebrado com a REfCast, entidade homologada pela DRAP, para o combate à Vespa das Galhas, realizou-se no dia 27 de Abril o inicio da realização das citadas largadas com a colaboração das referidas entidades na Póvoa da Serra.